quarta-feira, 5 de julho de 2006

Escaladas


Há montanha
Que não desejo escalar
Apenas observar
Me apropriar
de sua beleza e imponência
Há rochedos
Que quero transpor
Encontrar o lado de lá
Conhecer e escolher
Meu contínuo devir de ser

Autora: Maria Angélica (4/04/2006)

2 comentários:

~*Vica*~ disse...

Olá! Lindo poema! Obrigada pelo link!

Guida disse...

lindo o teu trabalho!!!!!!!!!
Copiei o texto e a foto da casa co te disse. Podes ver no meu blog o que fiz com elas.
Vou por o teu endereço nos meus preferidos, mas estou a espera de ajuda para fazer isso
beijos, e continua a publicar esses textos e poemas lindos